10 fevereiro 2015

5 Dicas de chute para ser aprovado em concurso

Quem já se deparou com questões das quais não sabe a resposta ou foi surpreendido com o famoso deu branco! E precisou usar o “chute”.  Aprenda como identificar resposta de questões usando as dicas de chutes.

O ideal e que estudar, use as dicas de chutes somente quando necessário.


1º SEMELHANÇA

Geralmente o examinador tenta confundir o candidato colocando alternativas parecidas ou próximas da resposta correta. Com isso as alternativas que são muito semelhantes conterão a alternativa correta.

A) 10,8

B) 15,2
C) 15,5
D) 18,2
E) 20,5

Nesse caso a alternativa B é semelhante ou próxima da C, então provavelmente uma das duas é a correta.


2º REPETIÇÃO

Verifique se há respostas que se repetem, caso existam, estas tendem a ser as corretas.

A) Cachorro e Cavalo

B) Vaca e Gato
C) Gato e Cachorro
D) Gato e Macaco
E) Cachorro e Macaco
Note que as palavras Gato e Cachorro aparecem mais vezes em todas as alternativas, então provavelmente a resposta correta é a C, pois reúne as palavras mais citadas.



3º ELIMINAÇÃO

Primeiramente o candidato deve verificar se existe alguma questão com uma resposta absurda ou visivelmente errada, pode parecer simples, mas isso aumenta muito a sua probabilidade de acertar. 
A) Galinha 
B) Peru 
C) Tubarão 
D) Pato 
E) Ganso
Em uma questão com 5 alternativas, a probabilidade de acerto é de 20%, caso seja eliminado uma alternativa a probabilidade aumenta para 25%.


4º GENERALIZAÇÃO
Desconfie de toda alternativa que generaliza um determinado assunto, aqui vale a máxima que toda regra tem a sua exceção, quando houver alternativas desse tipo elas tem maior probabilidade de estarem erradas. Segue alguns exemplos de palavras que generalizam assuntos: nunca, jamais, sempre, completamente, incondicional, ninguém, todos, definitivamente e total.

5º DISTRIBUIÇÃO
Essa dica não é tão eficiente quanto as primeiras, mas pode ajudar em alguns casos. Estatisticamente, a banca examinadora tende a distribuir igualmente as respostas conforme a quantidade de alternativas e questões da prova. Por exemplo, se cada questão contém 5 alternativas e a prova contém 50 questões, provavelmente o examinador colocará 10 alternativas A, 10 B, 10 C, 10 D e 10 E. Então, quando for chutar, vale a pena contar quantas respostas já foram assinaladas para cada alternativa, a que tiver menos respostas deve ser o palpite. Mas caso tenha já muitas respostas erradas na prova, essa dica não funcionará bem.